segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

O último sarau de 2009

Começamos com um amplificador e um microfone remendado no durex. Fomos resistindo mês a mês, perdemos o local onde iniciamos o sarau em 2008, mas ganhamos outro parceiro, o Carlita dono do bar que estamos agora. Fomos contemplados com o projeto VAI (Valorização de Iniciativas Culturais). Completamos 1 ano de trabalho em 07/2009 e com os pés no chão não limitamos nossas ações, sonhos e o objetivo principal que é trabalhar com a literatura, a palavra nas periferias. Como? No sarau, nas escolas, publicando os nossos livros, na Febem ou Fundação casa, promovendo debates, discussões sobre a própria literatura e a mulher nos movimentos culturais. Sabemos que há muito trabalho e poucas pessoas para desenvolver, no entanto, os coletivos que somaram este ano, trouxeram além da energia positiva, muitos braços, mãos e cabeças que fortaleceram a nossa caminhada desde o início. Muitos disseram que a atitude do coletivo era um sonho bobo, sem retorno significativo à comunidade e que o próprio sarau não resistiria por muito tempo. O que esqueceram de avaliar é que com a frustração nós já nascemos, então, sempre esperamos que vá dar certo, se acontecer o inverso, tentamos novamente e sempre. A correria não para, enquanto você lê muitos se perdem na contramão da vida, necessidade, condição ou raiva mesmo desse sistema de repressão aos muitos e fracos marginalizados. Se vamos mudar o mundo? Claro que não, mas podemos deixar o cotidiano um pouco mais bagunçado, no terreiro da palavra, abrimos reflexões, posições, buscando que cada um desenvolva a sua autonomia, o espaço é aberto, expressão sem medo de não ser respeitado.
Encerramos com o último sarau do ano, cansados, mas com sorriso nos lábios, aqueles que não pegavam na caneta estão escrevendo, lendo, se informando, armando o argumento do questionamento.
Ano que vem, mais trampo mais correria, o tempo a gente arruma, na determinação, necessidade de melhora da nossa quebrada, nossa morada.
Sem palavras para agradecer todos que estiveram conosco nessa caminhada.

Muita Paz e Saúde!

Que este ano que chega seja de luz, muita luz nas nossas caminhadas.

Coletivo Cultural Poesia na Brasa

Kolombolo Diá Piratininga

MPR - Skol e Vibox


Lado de fora do bar



Lançamento Negrafias


Raquel e Yakini - Elo-da-Corrente



Lid´s - Sarau da Ademar



Dan emociona com sua linda canção
O tambor manda chamar ...

Os poetas

Só sorrisos

Sonia representa na exposição de fotografia


Um pouco da exposição


Dentro do bar


A família
Calor humano, intensidade precisa e necessária

4 comentários:

Lid´s disse...

é muito importante essa troca.
Obrigada por isso.
Eh como diz o Sérgio "juntos faremos a (r)evolução"
Que asé tem esse Tambor!!!
Que asé tem esse povo da ponte pra lá, pra cá. Da hora mesmo.

Palavra Poder Para o Povo.

Lid

Usuale disse...

Oi! Tem um site muito bacana que possui mais de 50.000 acessos ao dia e fazem parceria com blogs/sites, vale a pena! Eu já fiz o meu!Só lembrando que você tem que como se trata de uma parceria você tem que colocar o selo deles também no seu blog/site também que você pode pegá lo no mesmo link abaixo!Senão você não receberá acessos!

Aí vai o link: http://www.guiademulher.com.br/enviar_blog.php

Feliz Natal!

Corpo em Rito disse...

Olá pessoal do Sarau da Brasa!!!
Salve....!!!!
A convite da Samantha em especial
me mande mais informações sobre o encontro de Mulheres, nem sei se é
esse o nome, mas me envie as datas
para que eu possa conversar com o
grupo e já agendar pra gente se organizar...Bjões!!!!
Sarau da Brasa fechando o 2009 com tudo....adorei!!!Sirlene

Monique disse...

Parabéns!!
Não posso deixar de prestigiar a beleza desse projeto.
Longe ou perto que nosso Pai Oxalá ilumine cada dia mais...
Saudações Povo Querido

Monique