sexta-feira, 10 de abril de 2009

Final de semana de muita correria teve ação de enfretamento contra a mesmice sexta, sábado e domingo, nós do Sarau Poesia na Brasa conseguimos chegar em três dessas ações. Sexta feira foi dia de lançamento do Boletim do Kaos, jornal organizado por Alessandro Buzo e Alexandre de Maio, que vem para somar e dar maior visibilidade para os trabalhos que estão sendo desenvolvidos pelas periferias do Brasil, várias dicas sobre literatura, eventos e outras coisas mais, vale a pena conferir. No lançamento do trabalho, que aconteceu no Estúdio da DGT Filmes no Bexiga, a família do Sarau da Brasa colou para somar e prestigiar, por lá também passaram Du_Bod, Jairo (Periafricania), Sérgio Vaz (Cooperifa), Márcio Batista (Cooperifa) e várias outras pessoas que eu não lembro o nome, mas que com certeza também colaram pra somar. E como não podia deixar de ser, as conversar foram regadas por cerveja, ao som da banda Quebra Gelo, vida longa ao Boletim do kaos. No sábado a caravana do sarau da brasa saiu sentido Itaim Paulista, acreditem, aquele lugar é bem longe daqui da Brasilândia, porém fomos conferir o Sarau Griots que fez valer a caminhada. Chegando no espaço de cara já percebemos que não se tratava de um sarau somente literário, mas era um espaço da livre expressão da comunidade, marcada pela diversidade de estilos, teve grupo de dança, grupo de rap, banda de rock, recital de poesia, apresentação de vídeos e tudo isso aquecido pelo caldinho de feijão que foi servido para todos que compareceram no sarau. Nós do Sarau Poesia na Brasa fomos muito bem recebidos pelo pessoal do Coletivo Griots, e no final do sarau rolou um bate papo, infelizmente rápido, já que tínhamos que fazer a caminhada de volta. Ficamos felizes de conhecer o trabalho e esperamos poder continuar a firmar mais esse elo na corrente periférica. Para fechar o final de semana rolou um evento muito louco, “Feira Livre”, que aconteceu no fazendinha, muita música, poesia, grafiti e a família periferia reunida. Apresentaram-se por lá os grupos Literatura Suburbana, Radiografia, Esquadrão Maloca, as bandas Nyah Live, Quilombrasa e os coletivos Elo da Corrente e Sarau Poesia na Brasa, mostrando mais uma vez que quando a periferia esta unida, também sabemos fazer coisas maravilhosas. Axé para todos que trabalham por uma periferia melhor.


Alessandro Buzo e Alexandre de Maio

Buzo e Sarau Poesia na Brasa

Sarau Griots


Graffiti no Encontro




Felipe

Diego

A Galera no Encontro


Radiografia

Michel Recitando no Encontro

2 comentários:

radiographia disse...

salve salve rapaziada !!

parabens pelos trabalhos e conquistas de cada dia !

vejo oque faltava aqui na vila em vcs ... empelho profissionalismo e muita cultura a ser repassada para pessoas assim como eu que começo a acompanhar agora isso ..... parabens a todos que de uma forma ou de outra fazem parte ..


viva o sarau da brasa !!!




cristiano ( radiographia )

wor pad disse...
Este comentário foi removido pelo autor.