sábado, 27 de dezembro de 2008

Sarau Poesia na Brasa

Dia 20 de Dezembro, último sarau do ano.
Noite de chuva começamos o sarau às 21h porque estávamos esperando o poeta Pedro Tostes que lançou seu livro “Descaminhar”, o Pedro estava trabalhando e veio direto do trampo, foi de imenso prazer pra nós, o poeta é muito bom, escreve coisas maravilhosas!
Sarau lotado! Mais uma vez vencemos a Tv, comungamos da palavra, ouvimos música e refletimos sobre todas as poesias recitadas, o ano novo chega com uma esperança, o sarau é resultado da melhora que todos querem e a cada sarau uma nova história se faz, novos poetas chegam e nos arrasa de tanta emoção e arte expressada, arte da nossa periferia. Daremos uma parada agora com as festas de fim de ano, mas ano que vem tem mais ... e como diz o nosso amigo Michel do Elo “pois a nossa luta continua mesmo até depois do fim”.

Um abraço de todos nós do Sarau da Brasa.
















4 comentários:

[denise abramo] disse...

grande sarau! muito boa energia!
salve!
viva!
axé!
.
.
.

Felipe disse...

vvv

Felipe disse...

...lá de longe tudo chega e tudo vem e tudo se ajunta com a batida do tambor, os dedos rufando o que há para ser dito, a levada das mãos, dos olhos, de tudo que emana o som do poeta que nos pertence, o som daquilo que a gente sente e de repente, no repente, declama para dezenas de corações reunidos, juntos pela força do dia, pela força do hábito de poder sempre estar aberto a um novo hábito, juntos pela batucada, toda poesia hoje é anunciada e começa com a batida de um bom tambor.

obrigado,
menino folha.

HIP HOP MULHER disse...

parabéns pelo evento!

ah! faz visita!!!
add o blog do projeto HIP HOP MULHER...
abração.