quarta-feira, 26 de outubro de 2011

DEMOCRACIA RACIAL?

RACISMO NO METRÔ CAMPO LIMPO
PRETO WILL do grupo versão popular e da Cooperifa
foi expulso na porrada por seguranças do Metrô Campo Limpo.

Preto Will músico do Versão Popular e poeta da Cooperifa foi expulso do Metrô Campo Limpo agora pouco na porrada. É isso mesmo. Na porrada.

Ao chegar no Metrô foi intimidado por olhares preconcetuosos pelo segurança, perguntou se havia algum problema com ele. O segurança falou algumas coisas e saiu.

Em seguida quando subiu a rampa para pegar o trem foi abordado pelo segurança que veio acompanhado de mais um, deram-lhe uma gravata, e o arrastaram pelo braço, e diziam:

- Sai fora negão, se quiser vai de busão.

E já se não bastasse todo o racismo e violência sofrida ele foi levado pela PM ao Hospital Campo Limpo com o braço inchado, o médico que o atendeu, olhou a chapa de raio-x e disse que não havia quebrado nada, que podia ir embora.

Indignado e ainda com dores nós o levamos para o pronto socorro de Taboão da Serra onde ele foi atendido e constatado que não estava com o braço quebrado, mas havia uma luxação, onde foi medicado e colocado uma tala, saiu de lá com um atestado de 5 dias. Pode se dizer que houve negligência médica no Hospital Campo Limpo?

Partimos com advogados direto para a 37ª Delegacia que fica na região, mas sabe como é, vamos ficar na pressão, racismo é intolerável.

Precisamos de todos os amigos, porque pode não ser pauta para grande mídia, mas é pauta no nosso cotidiano.

A Periferia nos une pela cor, pela dor e pelo amor.

Sergio Vaz

Cooperifa

Um comentário:

Kadu Braga disse...

Amigos, primeiramente mando pensamentos de FORÇA e RESISTÊNCIA!!!
Continuando... faço parte do Acampa Sampa, movimento global que se iniciou no dia 15/10/11 em mais de 1500 cidades, em todos os países. Aqui, pedimos por democracia real, participativa.
Vocês não querem unir suas lutas conosco!
Passem lá, sem compromisso... conheçam, vivenciem...
QUE TAL UM SARAU LÁ NA ACAMPADA?

HáBraços!