terça-feira, 28 de setembro de 2010

GOG NO SARAU ELO DA CORRENTE

Saudações.
Todos os encontros do Sarau Elo da Corrente são mágicos, porém sabemos que alguns deles são daqueles que um dia iremos contar orgulhosos para nossos filhos, netos, sobrinhos e todos aqueles que virão depois de nós, e um desses encontros, aconteceu no último dia 23 de setembro com o lançamento do livro “A Rima Denuncia” do poeta GOG. Foi um dia, talvez uma semana, de muita correria e ansiedade, porém mais uma vez, tiramos a prova, que quando formamos o Elo em Brasa podemos fazer coisas maravilhosas e assim foi, só que dessa vez contamos com mais um axé vindo direto da Bahia, com nossos parceiro Nelson Maca do Blackitude. A noite foi linda, começamos com os “Tambores do Elo em Brasa” chamando poetas de cada vez mais longe, casa cheia para receber Genival Oliveira Gonçalves. Logo no início a palavra foi passada ao poeta de Brasília, porém ele a devolveu, como num toque de bola rápido, pois queria ouvir primeiro os poetas da casa. O sarau comeu solto, com versos que falavam de amor, como os de Alice Rodrigues, ou com versos que vinham como chamamentos para a guerra como os de Nelson Maca. Daí depois de um laçamento para a linha de fundo feito pelo parceiro Edu, GOG dominou a palavra na grande área e dela tratou com toda responsabilidade que ele sabe que deve ter, principalmente dentro das quebradas. Desse momento pra frente o que já estava bom ficou melhor, o homem de pele negra e versos certeiros, conhecido como poeta do RAP, encerrou o sarau com chave de ouro recitando alguns de seus poemas, entre eles “Brasil com P”, levando os presentes ao delírio. Acabado o sarau, ainda tivemos tempo de celebrar um pouco mais, pois o anfitrião do Sarau, Cláudio Santista, manteve o bar aberto até mais tarde, também envolvido pela magia do momento. Que a periferia possa construir muitos outros momentos como esse, parabéns ao GOG pela consistência dos versos, parabéns a Nelson Maca pela organização do livro e muito obrigado aos dois por possibilitar a chegada dessa nova arma em nossas mãos da forma que chegou . Axé pra nóis.












3 comentários:

Raquel Almeida disse...

salve brasa em elo, elo em brasa
acho que sempre é pra firmar cada ação conjunta que fazemos!
sabadão é nóis no lançamento do livro do zinho e do filme do Jota!

Axé...

vagner disse...

Salve.
Cada vez mais fortificando os trabalhos e as amizades. Valeu por compartilhar dessa caminhada com a gente.
vagner Souza

edugodoy disse...

Salve!!!

Brasa e Elo, os manos e as minas sao tudo fio desencapado, o bagulho é doido, muito loko, aliança que jamais se quebrará !!!


Abraços Eduardo Godoy tec som