quarta-feira, 13 de maio de 2009

SARAU NA NOVA CASA


Que sábado, que noite, todos nós apreensivos, parecia o primeira edição do Sarau da Brasa que fizemos em 5 de julho de 2008, todo mundo sem jeito, muito barulho, muitos curiosos que ainda desconhecem os trabalhos do Coletivo, mas aos poucos o primeiro Sarau no Bar do Carlita foi tomando sua forma, foi caminhando e se tornou mais um Sarau dos apaixonados, porém desta vez o amor em destaque era o confortante Amor de Mãe, foram filhos recitando poemas para as mães, eram mães recitando, filho lendo texto escrito pela mãe, além é claro dos poemas que caracterizaram o Sarau Poesia na Brasa como um movimento de resistência e protesto, os irmãos e irmãs apareceram em peso fortalecendo ainda mais o nosso já forte elo da corrente, o dono do bar Carlita curtiu a intervenção feita em seu bar e quer mais, por isso é que desde de já convidamos todos para continuarmos a nos confraternizar, a apreciarmos os trampos feito pela galera da quebrada e fortalecer alternativas de lazer, cultura e arte produzidas por quem faz com o coração cheio de vontade, mas infelizmente com o bolso não tão cheio, por isso nossa biblioteca continua aumentando seu número de leitores, de empréstimos e doações, para continuarmos a produzir o que não podem nos roubar idéias, pensamentos e conhecimento, o próximo Sarau Poesia na Brasa acontece dia 23 de maio sempre às 20h30, e para os próximos Saraus estamos preparando os lançamentos dos livros de escritores que freqüentam o Sarau e também uma grande noite de alegria preparada para o lançamento da Antologia reunindo mais de trinta autores e comemorando 1 ano de Sarau Poesia na Brasa, 1 ano de novos amigos e 1 ano de poucas ainda, mas importantes vitórias para periferia, abraço a todos e até o próximo Sarau Poesia na Brasa.

AS MÃES DA NOITE

LUCIANE

SONIA

BÁRBARA

VANESSA

RAQUEL PARTICIPANDO DO SARAU VIA ORELHÃO

SORAIA

CAMILA

LENIR

POETAS E MAIS POETAS

Sr. LUIS

DANIEL

PRETO WIN

JURACIR

MONAIR

AKINS

MARCIO FOLHA

RAFAEL E MARJORE

MARCIANO

CHELMI (J.E.P.)

OS MANOS DO LITERATURA SUBURBANA
ISRAEL E MARCELO

CAROL

ELAINE

SAMANTA

DIVINO

FRANCYELLI HOMENAGEANDO AS MÃES COM POEMA DE Sr. JOÃO

Sr. JOÃO

MICHEL

LEKO

FELIPE E IARA

QUILOMBRASA

JULIANA, BÁRBARA E TAÍS

A GALERA

MAIS GALERA

COMO SEMPRE CANTORIA NO FINAL

BAR DO CARLITA






Um comentário:

marcosbiotti@hotmail.com disse...

UM COMEÇO Q PARECIA Q NAO DARIA CERTO ;MOTIVADOS PELAS PESSOAS ,E POR TODAS AS BARREIRAS ENFRENTADAS,TODOS VCS MOSTRAM O QUANTO É IMPORTANTE LUTAR POR ALGO.PENSO Q O TERMINO DAS ATIVIDADES EM SEU PRIMEIRO LOCAL FOI NECESSARIO PARA DAR INICIO A NOVAS PERSPECTIVAS; NOVAS PESSOAS .DESDE JÁ QUERO DIZER Q MESMO LONGE DE VCS ;MESMO AUSENTE TORÇO POR CADA UM ;E TENHAN CERTEZA ;VCSJÁ ESTAO INTRODUZIDOS NA HISTORIA DA NOSSA VILA BRASILANDIA.UM ABRAÇO A TODOS.